Adoecimento mental entre trabalhadores é tema de estudo lançado pelo Sindicato dos Bancários do RN

De 443 bancários participantes da pesquisa, 67,7% manifestaram sintomas de transtornos mentais comuns

Natal (RN), 23/05/2022 – Na última terça-feira (17), o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, Luis Fabiano Pereira, participou de evento de apresentação de uma pesquisa sobre adoecimento mental entre trabalhadores do setor bancário do RN. Organizado pelo Sindicato dos Bancários no estado, em parceria com o Nostrum Instituto de Psicologia, a pesquisa realizou um mapeamento-diagnóstico dos trabalhadores e trabalhadoras de bancos, especificamente quanto à incidência de transtornos mentais.

Segundo o sindicato, a preocupação com rendimentos e cumprimento de metas têm sido um dos principais motivos de afastamentos por problemas psicológicos nos últimos anos. A pesquisa foi realizada entre 2020 e 2021 e avaliou o contexto de trabalho das organizações bancárias. De acordo com relatório da pesquisa, 67,7 % dos 443 trabalhadores entrevistados apresentou sintomas de transtornos mentais comuns no período. O estudo também revelou que os cargos com maior incidência desses sintomas são os de gerente e assistente pessoa física/pessoa jurídica.

Imprimir

Agenda 2030 da ONU é tema de evento nesta terça (24)

Encontro discutirá ações voltadas à promoção do desenvolvimento sustentável e terá transmissão ao vivo pelo canal TVMPT no Youtube

Brasília – Nesta terça-feira (24), às 14h, o Ministério Público do Trabalho (MPT) vai promover o evento “Agenda 2030 da ONU e o MPT” para discutir e traçar as estratégias necessárias para alcançar as metas definidas pela Agenda 2030 para a promoção do desenvolvimento sustentável. O encontro terá transmissão ao vivo no canal TVMPT no Youtube.

O evento é uma oportunidade para conhecer melhor o plano de ação da Agenda e as orientações para que governo, instituições públicas e privadas contribuam para redução da desigualdade social, manutenção da paz e o desenvolvimento sustentável.

Imprimir

MPT se reúne com representantes do Estado do RN para tratar de nova legislação com cotas para egressos do sistema prisional

Secretaria de Administração Penitenciária também deve elaborar proposta de decreto para operacionalizar o acompanhamento das cotas

Mossoró (RN), 20/05/2022 – Membros do Ministério Público do Trabalho se reuniram, na última quarta-feira (18), com representantes da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) e da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte (PGE) para tratar de uma proposta de legislação estadual que estabeleça novo perfil de cotas de contratação para egressos do sistema prisional. A iniciativa visa incrementar a admissão de presos e egressos em contratos com a Administração Pública, para incentivar a ressocialização dessas pessoas.

Presidida pelo procurador do Trabalho Afonso de Paula Pinheiro Rocha, a audiência contou com a participação da subprocuradora-geral do Trabalho Ileana Neiva, vice coordenadora Nacional de Promoção da Regularidade do Trabalho na Administração Pública (Conap). As tratativas fazem parte de projeto do Grupo de Atuação Especial Trabalhista que atua para a implementação, no RN, do Projeto Nacional de Estruturação das Condições de Trabalho no Sistema Prisional.

Imprimir

Com o incentivo do MPT-RN, pessoas privadas de liberdade e egressos do sistema prisional terão vagas de trabalho em empresas de Mossoró

O projeto é fundamental para o processo de reintegração social e se alinha às iniciativas do Conselho Nacional de Justiça

Mossoró (RN), 10/05/2022 – A Assembleia Legislativa de Mossoró/RN aprovou, na última quarta-feira (4), lei que determina que empresas contratadas pela Prefeitura disponham de vagas de emprego para pessoas que estão ou passaram pelo sistema prisional, trabalhadores retirados de situações análogas à escravidão e jovens infratores.

A nova legislação procura dar oportunidade de emprego às pessoas que comumente encontram maiores dificuldades em se inserir no mercado de trabalho. Com a reserva de vagas de empregos, busca-se diminuir estigmas e marginalização, permitindo a reinserção social e o resgate da cidadania de pessoas privadas de liberdade. Mossoró foi a primeira cidade a adotar esta iniciativa de ressocialização.

Imprimir

Campanha Abril Verde 2022 é finalizada com audiência pública no MPT-RN

Estatísticas revelam epidemia silenciosa de doenças ocupacionais

Natal (RN), 28/04/2022 – Tirar os acidentes e doenças relacionados ao trabalho da invisibilidade, notificando todos os casos e conectando os sistemas que registram essas ocorrências. Esses foram os temas centrais das discussões da audiência pública realizada na manhã desta quinta-feira (28), no auditório do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT-RN). O evento reuniu entidades sindicais, representantes do MPT, do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, da Auditoria Fiscal do Trabalho, dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e entidades de classe e de serviço social para os trabalhadores, como o SESC.

"O Abril termina, mas a luta pela prevenção, não" – destacou, na mesa de abertura, a presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, Ana Adalgisa Dias. A entidade de classe sediou a abertura da campanha Abril Verde, no dia 7 de abril. Luis Fabiano Pereira, procurador-chefe do MPT no RN, ressaltou que é fundamental que empregados e empregadores se engajem em ações de conscientização para a prevenção de acidentes e doenças laborais.

Imprimir