Com o incentivo do MPT-RN, pessoas privadas de liberdade e egressos do sistema prisional terão vagas de trabalho em empresas de Mossoró

O projeto é fundamental para o processo de reintegração social e se alinha às iniciativas do Conselho Nacional de Justiça

Mossoró (RN), 10/05/2022 – A Assembleia Legislativa de Mossoró/RN aprovou, na última quarta-feira (4), lei que determina que empresas contratadas pela Prefeitura disponham de vagas de emprego para pessoas que estão ou passaram pelo sistema prisional, trabalhadores retirados de situações análogas à escravidão e jovens infratores.

A nova legislação procura dar oportunidade de emprego às pessoas que comumente encontram maiores dificuldades em se inserir no mercado de trabalho. Com a reserva de vagas de empregos, busca-se diminuir estigmas e marginalização, permitindo a reinserção social e o resgate da cidadania de pessoas privadas de liberdade. Mossoró foi a primeira cidade a adotar esta iniciativa de ressocialização.

Imprimir

Audiência pública debate notificações de acidentes de trabalho

Foram registradas 571,8 mil Comunicações de Acidentes de Trabalho (CAT) no Brasil em 2021, sendo 3,7 mil no Rio Grande do Norte

Natal (RN), 25/04/2022 – Nos últimos dez anos, quase 23 mil pessoas morreram em acidentes de trabalho no Brasil, de acordo com dados atualizados do Observatório Digital de Segurança e Saúde no Trabalho. No Rio Grande do Norte, foram 222 mortes. Os números de acidentes e doenças, que incluem os efetivamente registrados e as subnotificações, serão tema de audiência pública que acontece na próxima quinta-feira (28), a partir das 9h, no auditório do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT-RN).

O evento fecha um mês de ações de prevenção, o Abril Verde, que concentra duas datas importantes sobre o tema: os dias mundiais da Saúde (7/4) e o em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho (28/4). Na última quarta-feira (20), o MPT lançou a atualização do Observatório, uma plataforma desenvolvida e mantida pelo órgão em cooperação com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Imprimir

MPT-RN participa da 1ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Parnamirim

Afastamentos por transtornos mentais e comportamentais representaram 23% do total em 2020

Natal (RN), 18/04/2022 – Na última terça-feira (12), representando o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte (MPT-RN), o procurador-chefe Luis Fabiano Pereira participou da abertura da 1ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Parnamirim. O evento teve como objetivo o fortalecimento e a garantia de políticas públicas, com foco no Sistema Único de Saúde (SUS), os cuidados de saúde mental em liberdade e o respeito aos direitos humanos.

Organizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesad) do município, o evento contou com material informativo da série MPT em Quadrinhos. Foram distribuídos exemplares sobre Doenças Ocupacionais e Agrotóxicos. De acordo com números reunidos no Observatório Digial de Saúde e Segurança do Trabalho, em 2020, os afastamentos por transtornos mentais e comportamentais representaram 23% do total de licenças concedidas pelo INSS no Rio Grande do Norte.

Imprimir

Campanha Abril Verde 2022 é lançada no Crea-RN

Ao longo de todo mês, MPT-RN e instituições parceiras promovem a conscientização sobre a prevenção de acidentes e doenças laborais

Natal (RN), 08/04/2022 – O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT-RN) participou, nesta quinta-feira (7), da abertura da campanha Abril Verde, mês da prevenção a acidentes e doenças do trabalho, em parceria com Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do RN (Crea), Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, Serviço Social da Indústria (SESI), Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho (Anest), Associação dos Engenheiros de Segurança do Trabalho do RN (Aest), Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) Regional Natal e Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua/RN).

O lançamento aconteceu no auditório do Crea, com mesa redonda em torno do tema "Saúde do Trabalhador: Desafios e Perspectivas". Em sua fala, o procurador-chefe do MPT-RN, Luis Fabiano Pereira, apresentou o foco da campanha da instituição para este ano, as notificações de acidentes de trabalho, por meio das CATs e no Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan).

Imprimir

Abril Verde reforça importância do registro de acidentes de trabalho

Mês é dedicado à conscientização sobre saúde e segurança do trabalhador

Natal (RN), 05/04/2022 – “Todo acidente de trabalho deve ser notificado. O trabalhador não é invisível”. É com esse mote que o Ministério Público do Trabalho (MPT) abre a campanha Abril Verde em 2022. Neste ano, a iniciativa busca promover o fortalecimento da saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS) e conscientizar empregadores sobre a importância da emissão de comunicações de acidentes de trabalho (CATs) e no Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan). No Rio Grande do Norte, a Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência contabilizou mais de 22 mil acidentes de trabalho nos últimos cinco anos. Destes, cerca de 6 mil não tiveram a comunicação de acidente emitida.

No caso da CAT, o documento é necessário para que o trabalhador acidentado ou vítima de alguma doença do trabalho receba amparo da Previdência Social e para gerar estatísticas de acidentes de trabalho e coletar dados para controle epidemiológico. O Sinan é sistema gerenciado pelo Ministério da Saúde e sua alimentação é feita com dados de acidentes de trabalho e agravos à saúde, sendo essencial para promover a vigilância epidemiológica em saúde do trabalhador.

Imprimir