Ministério Público do Trabalho conquista dois primeiros lugares no Prêmio CNMP 2017

Concorreram este ano 1.077 iniciativas do Ministério Público brasileiro

Brasília (DF), 03/08/2017 – Com o objetivo de reconhecer e prestigiar os programas e os projetos do Ministério Público que mais se destacaram na concretização do Planejamento Estratégico Nacional e no alinhamento com os objetivos definidos, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) premiou, em cerimônia realizada nesta quarta-feira (2), 27 projetos finalistas do Prêmio CNMP 2017. Dentre eles, dois projetos do Ministério Público do Trabalho ficaram em primeiro lugar em suas categorias: “O Conselho Tutelar no combate ao trabalho infantil” e “Quem aceita o trabalho escravo, ajuda a cavar esta cova”.


Na categoria “Comunicação e Relacionamento”, o primeiro lugar foi de projeto realizado em parceria entre o MPT e a Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU). “O Conselho Tutelar no combate ao trabalho infantil”, iniciativa capitaneada pelas procuradoras do Trabalho Elisiane dos Santos e Renata Coelho, foi concebida como atividade educacional e de conscientização, em formato EAD, idealizada com o propósito de atingir 1000 Conselheiros Tutelares. A atividade favorece o diálogo social e a atuação coordenada com a sociedade civil.

Continue Lendo

Imprimir

Decisão obriga Município de Arez a pagar R$ 1 milhão por descaso com saúde e segurança do trabalho

Sentença confirma decisão liminar, resultante de ação motivada por morte de trabalhador em obra pública

Arez (RN), 26/07/2017 - O Município de Arez terá que pagar indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 1 milhão, a ser revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), em razão de condenação na Justiça do Trabalho. Além disso, deve adotar medidas que visem zelar pela saúde e pela segurança dos trabalhadores, tais como: elaboração e implementação dos Programas de Prevenção de Riscos Ambientais e de Controle Médico de Saúde Ocupacional, fornecimento de equipamento de proteção individual e capacitação dos trabalhadores. A Prefeitura também precisa cumprir obrigações em relação ao depósito do FGTS, ao registro dos empregados e à realização de concurso público.

A sentença foi decorrente de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN). O processo teve início a partir da denúncia de que trabalhadores do Município operavam máquinas pesadas em obras públicas, sem a devida capacitação e proteção. O descaso provocou a morte do trabalhador Wellington Santos, em 2015, atingido pela pá da escavadeira quando realizava a pavimentação de via pública na entrada da cidade, rodovia RN 061.

Continue Lendo

Imprimir

Município de Santo Antônio (RN) terá que adotar medidas para erradicar trabalho infantil nas feiras livres

Decisão liminar resulta de ação do MPT/RN e determina uma série de obrigações a serem cumpridas, sob pena de multa diária de R$ 5 mil

Goianinha (RN), 25/07/2017 – A Justiça do Trabalho no Rio Grande do Norte determinou uma série de obrigações ao Município de Santo Antônio para erradicar o trabalho infantil nas feiras livres daquela cidade. Proferida pela 1ª Vara do Trabalho de Goianinha (RN), a decisão liminar resulta de ação do Ministério Público do Trabalho (MPT/RN), e deve ser cumprida imediatamente, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. No pedido definitivo, a ação ainda requer condenação da Prefeitura ao pagamento de R$ 500 mil, pelo dano moral coletivo, além das exigências já contidas no pedido liminar.

A investigação do MPT teve início a partir de denúncia feita pelo disque-denúncia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República que relatava a existência de trabalho infantil nos espaços públicos do Município de Santo Antônio. A fiscalização trabalhista constatou, no curso da instrução do inquérito civil, que foram encontradas 21 crianças e adolescentes trabalhando na feira livre de Santo Antônio, a maioria fazendo transporte das compras em carrinho de mão, sendo remunerados pela população.

Continue Lendo

Imprimir

MPT/RN publica resultado final do concurso de estágio em Tecnologia da Informação, Comunicação Social e Administração

Lista de aprovados com a respectiva classificação está disponível no site www.prt21.mpt.mp.br/informe-se/estagiarios

Natal, 21/07/2017 – Foi divulgada, nesta sexta-feira (21), a lista dos candidatos aprovados no concurso de estágio remunerado em Administração, Comunicação Social e Tecnologia da Informação para atuar junto ao Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, na sede da instituição em Natal. O resultado final pode ser conferido no site www.prt21.mpt.mp.br/informe-se/estagiarios.

Respeitada a ordem de classificação, os candidatos poderão ser convocados durante o período de validade do certame, que é de seis meses, a contar da data da publicação do ato homologatório, podendo ser prorrogado por mais um semestre.

Continue Lendo

Imprimir

MPT/RN participa de seminário sobre saúde e segurança no trabalho promovido pela Fundacentro

Mesa de abertura contou com a procuradora regional do Trabalho Ileana Neiva


Natal (RN), 20/07/2017 – A Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho, Fundacentro, promoveu na última terça-feira (18), o seminário “Revisitando as Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho”, no auditório do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), em Natal.

Durante todo o dia, o evento debateu as diretrizes contidas nas normas regulamentadoras de saúde e segurança do trabalho –  NR 12, relativa a máquinas e equipamentos; NR 33, que trata da detecção de gases em espaços confinados; NR 32, referente a hospitais e serviços de saúde; e NR 35, que trata de linha de vida e dispositivos de ancoragem.  

Continue Lendo

Imprimir